Quem Te Viu

by Martie

/
1.
2.
3.
4.
03:04
5.
6.
04:10
7.
8.
03:51
9.
10.
11.
12.
03:24
13.

about

Quem te Viu is the debut release from the Brazilian based vocalist Martie. Origionaly from the Netherlands, Martie relocated to Brazil to further pursue her love of the Brazilian MPB (Música popular brasileira), a style made famous by the likes of João Gilberto and Tom Jobim. In Brazil Martie teamed up with Brazilian pianist and producer Claudio Dauelsberg resulting in the production of this album. Quem te Viu features the creme de la creme of the Brazilian music scene and presents a set of MPB classics along with reinterpretations of the Lennon and McCartney classic “Black Bird” and Sting’s “Thousand Years”. This Album is contemporary Brazilian music at it’s best.

credits

released March 18, 2016

Claudio Dauelsberg, piano | Rômulo Gomes, guitar and double bass | Xande Figueiredo: drums | Nando Duarte, 7 string acoustic guitar | Zé Paulo Becker, acoustic guitar | Thiago da Serrinha, percussion | Carlos Malta, transverse flute and pifan | Marcos Amorim, guitar | Marco Lobo, percussion | Zeca Assumpção, double bass | Marcelo Martins, saxophone | Carlos Negreiros, afro percussion | Marcelo Vig, drums | Henrique Band, baritone saxophone | Itamar Assiere, piano | Kiko Freitas, drums | Hugo Pilger, cello | Maurício Negão, electric guitar

tags

license

all rights reserved

about

Dot Time Records New York, New York

Dot Time Records is a Jazz, Soul and World music label. Launched in 2012, Dot Time releases feature exciting virtuoso artists, both established and newly discovered from around the globe. The branding of Dot Time Records can be found in the creativity, artistry, passion and energy of these artists and musicians. ... more

contact / help

Contact Dot Time Records

Streaming and
Download help

Track Name: Quem Te Viu, Quem Te Vê
Você era a mais bonita das cabrochas dessa ala
Você era a favorita onde eu era mestre-sala
Hoje a gente nem se fala, mas a festa continua
Suas noites são de gala, nosso samba ainda é na rua

Quando o samba começava, você era a mais brilhante
E se a gente se cansava, você só seguia adiante
Hoje a gente anda distante do calor do seu gingado
Você só dá chá dançante onde eu não sou convidado

Hoje o samba saiu.. procurando você
Quem te viu, quem te vê
Quem não a conhece não pode mais ver pra crer
Quem jamais a esquece não pode reconhecer

Todo ano eu lhe fazia uma cabrocha de alta classe
De dourado eu lhe vestia pra que o povo admirasse
Eu não sei bem com certeza porque foi que um belo dia
Quem brincava de princesa acostumou na fantasia

Hoje o samba saiu..

Hoje eu vou sambar na pista, você vai de galeria
Quero que você assista na mais fina companhia
Se você sentir saudade, por favor não dê na vista
Bate palmas com vontade, faz de conta que é turista

Hoje o samba saiu..
Track Name: Uva De Caminhão
Já me disseram que você andou pintando o sete Andou
chupando muita uva e até de caminhão Agora anda
dizendo que está de apendicite Vai entrar no canivete, vai fazer operação

Oi que tem a Florisbela nas cadeiras dela
Andou dizendo que ganhou a flauta de bambu Abandonou
a batucada lá na Praça Onze E foi dançar o pirolito lá no Grajaú

Caiu o pano da cuíca em boas condições Apareceu Branca
de Neve com os sete anões E na pensão da dona Estela
foram farrear Quebra, quebra gabiroba quero ver quebrar

Você no baile dos quarenta deu o que falar Cantando o
seu Caramuru, bota o pajé pra brincar Tira, não tira o pajé,
deixa o pajé farrear Eu não te dou a chupeta, não adianta chorar
Track Name: Xote Das Meninas
Mandacaru quando flora na seca
É o sinal que a chuva chega no sertão
Toda menina que enjôa da boneca
É sinal que o amor já chegou no coração

Meia comprida, não quer mais sapato baixo
Vestido bem cintado, não quer mais vestir timão

Ela só quer, Só pensa em namorar
Ela só quer, Só pensa em namorar...

De manhã cedo já tá pintada
Só vive suspirando, sonhando acordada
O pai leva ao dotô a filha adoentada
Não come, nem estuda, não dorme, não quer nada...

Ela só quer, Só pensa em namorar...

Mas o dotô nem examina
Chamando o pai do lado, lhe diz logo em surdina
Que o mal é da idade, que prá tal menina
Não tem um só remédio em toda medicina...

Ela só quer, Só pensa em namorar...
Track Name: Blackbird
Blackbird singing in the dead of night
Take these broken wings and learn to fly
All your life, you were only waiting
for this moment to arise

Blackbird singing in the dead of night
Take these sunken eyes and learn to see
All your life, you were only waiting
for this moment to be free

Blackbird fly, blackbird fly
Into the light of the dark black night
Track Name: Vestido De Bolero
Um casaco bordô
Um vestido de veludo pra você usar
Um vestido de bolero, lero, lero, lero
Já mandei comprar

Se o casaco for vermelho, todo mundo vai usar
Saia verde, azul e branco, todo mundo vai usar
Apesar dessa mistura, todo mundo vai gostar
É que debaixo do bolero, lero, lero, lero
Tem você yayá
Track Name: Reza
Por amor andei, já tanto chão e mar
Senhor, já nem sei
Se o amor não é mais bastante pra vencer
Eu já sei o que vou fazer
Meu Senhor, uma oração
Vou cantar para ver se vai valer

Laia, ladaia, sabatana, Ave Maria. Laia, ladaia, sabatana,
Ave Maria
Ó meu santo defensor, traga o meu amor
Laia, ladaia, sabatana, Ave Maria. Laia, ladaia, sabatana,
Ave Maria
Se é fraca a oração, mil vezes cantarei
Laia, ladaia, sabatana, Ave Maria. Laia, ladaia, sabatana,
Ave Maria
Track Name: Oração De Mãe Menininha
Ai! minha mãe
Minha mãe Menininha
Ai! minha mãe
Menininha do Gantois

A estrela mais linda, hein? Tá no Gantois
E o sol mais brilhante, hein? Tá no Gantois
A beleza do mundo, hein? Tá no Gantois
E a mão da doçura, hein? Tá no Gantois
O consolo da gente, ai? Tá no Gantois
E a Oxum mais bonita hein? Tá no Gantois

Olorum quem mandou essa filha de Oxum
Tomar conta da gente e de tudo cuidar
Olorum quem mandou eô ora iê iê ô
Ora iê iê ô..., Ora iê iê ô...
Track Name: Adriana
Deixa todo mundo
Desperta do teu sono e vem, vem ouvir
Tanto de ternura !
Mas tanto de tristeza vai ver, vai sentir

Todo esse mundo não vale,
todo amor que vem com você
Mas não tenha medo da vida,
que eu estarei com você

Tanto de ternura !
Mas tanto de tristeza vai ver

Mas não ficará só, nem só ficarei eu
E a Terra há de cantar;
um nome que nasceu: Adriana
Track Name: Nasci Para Bailar
Atravessei sete montanhas pra chegar no mar
Porque nasci, nasci para bailar
Abri veredas e cancelas pra poder passar
Porque nasci, nasci para bailar
Danço bolero, danço samba, danço chá-chá-chá
Por que nasci, nasci para bailar

Rimo Raimundo com a virada desse mundo
Vou no raso, vou no fundo, mas um dia chego lá

Rodo Bandeira, dou pernada dou rasteira
Toco surdo e frigideira, atabaque e ganzá

Porque nasci, nasci para bailar...
Track Name: Soneto da Estreia
Estreiam sete estrelas em seus céus.
Anônimas, vadias, cintilantes
e se ninguém pressente ou rasga os véus
não nos cabe sabê-las tão brilhantes.

Será que iluminam Evas vãs
nas mil constelações, de nós, distantes?
A laborar quimeras ou maçãs
Como prevê-las tão dessemelhantes?

Só intuímos as tais pelas janelas
Tentando ao léu escancarar as almas
Tão atreladas aos nós dessas tramelas.

Seremos nós também nas noites calmas
Seres sem paz, iguais às tais estrelas
Sem um olhar que saiba enfim, acolhê-las
Track Name: Debaixo Dos Caracóis Dos Seus Cabelos
Um dia a areia branca
Seus pés irão tocar
E vai molhar seus cabelos
A água azul do mar

Janelas e portas vão se abrir
Pra ver você chegar
E ao se sentir em casa
Sorrindo vai chorar

Debaixo dos caracóis dos seus cabelos
Uma história pra contar
De um mundo tão distante
Debaixo dos caracóis dos seus cabelos
Um soluço e a vontade
De ficar mais um instante

As luzes e o colorido
Que você vê agora
Nas ruas por onde anda
Na casa onde mora

Você olha tudo e nada
Lhe faz ficar contente
Você só deseja agora
Voltar pra sua gente

Debaixo dos caracóis dos seus cabelos..

Você anda pela tarde
E o seu olhar tristonho
Deixa sangrar no peito
Uma saudade, um sonho
Um dia vou ver você
Chegando num sorriso
Pisando a areia branca
Que é seu paraíso

Debaixo dos caracóis dos seus cabelos..
Track Name: Besame Mucho
Besame, besame mucho
Como si fuera esta noche la última vez
Besame, besame mucho
Que tengo miedo perderte, perderte despues

Quiero ternerte muy cerca
mirarme en tus ojos verte junto a mí
Piensa que tal vez mañana
yo ya estare lejos, muy lejos de ti
Track Name: Thousand Years
A thousand years, a thousand more,
A thousand times a million doors to eternity
I may have lived a thousand lives, a thousand times
An endless turning stairway climbs to a tower of souls
If it takes another thousand years, a thousand wars,
The towers rise to numberless floors in space
I could shed another million tears, a million breaths,

A million names but only one truth to face
A million roads, a million fears
A million suns, ten million years of uncertainty
I could speak a million lies, a million songs,
A million rights, a million wrongs in this balance of time
But if there was a single truth, a single light
A single thought, a singular touch of grace
Then following this single point, this single flame,
The single haunted memory of your face

I still love you
I still want you
A thousand times the mysteries unfold themselves
Like galaxies in my head

I may be numberless, I may be innocent
I may know many things, I may be ignorant
Or I could ride with kings and conquer many lands
Or win this world at cards and let it slip my hands
I could be cannon food, destroyed a thousand times
Reborn as fortune’s child to judge another’s crimes
Or wear this pilgrim’s cloak, or be a common thief
I’ve kept this single faith, I have but one belief

I still love you
I still want you
A thousand times the mysteries unfold themselves
Like galaxies in my head
On and on the mysteries unwind themselves
Eternities still unsaid
‘Til you love me